[Palestra] Do eureka à inovação

Você é uma pessoa criativa?

Você se considerando ou não criativo, o fato é que parece que existe um grande mito onde: certas pessoas nascem predestinadas a serem criativas, enquanto as demais simplesmente não são.

Assim, quando pensamos em inovação ela parece um ponto fora da caixa onde somente os poucos predestinados a serem criativos tem capacidade de chegar.

Mas não é bem assim. Qualquer um pode ser um agente de mudança ou um estimulador da inovação. Basta compreende-la melhor, ter um pouco de prática e entender como estimulá-la e buscá-la.

Fui convidada para falar sobre Design para Negócios (assunto do meu TCC) na aula de Empreendedorismo da UFSC. Nessa aula falei um pouco sobre alguns exemplos de inovação e quais são os passos que devemos seguir para construir  novos negócios inovadores.

Você pode conferir os slides da apresentação aqui:

11 conceitos chaves abordados nessa palestra:

  1. – Para ter sucesso é preciso compreender a essência do que seu consumidor precisa/deseja e a oferecer gerando valor à ele;
  2. Inovação é valor percebido, enquanto invenção é simplesmente uma nova criação;
  3. – É preciso inovar para acompanhar as mudanças do mercado, se não os concorrentes vão o deixar para trás;
  4. – As inovações são a força motriz do crescimento econômico, alterando valores da sociedade e economia;
  5. – Tudo começa com uma ideia, porém o caminho até a sua realização nem sempre é simples;
  6. Produtos não sobrevivem ao contato com o consumidor, por tanto, economize tempo e dinheiro conversando com o consumidor desde o primeiro estágio: a ideia;
  7. – Foque em conhecer as pessoas, seus problemas e seus contextos antes de criar;
  8. – O Design thinking é uma forma de pensar que se baseia em 3 conceitos principais: empatia, colaboração e experimentação;
  9. – A sua metodologia segue 3 etapas: descoberta, ideação e experimentação;
  10. – É preciso equilibrar o que as pessoas desejam, com o que é viável economicamente e possível de ser construído;
  11. – Quando se criam negócios é também preciso definir o modelo de negócios e analisar métricas de resultado.
E por fim, a inovação acontece em um cenário de incertezas muito grandes e assim, nem tudo dará certo sempre. Portanto, se deu errado: aceite, aprenda e abrace a próxima ideia!
“Não tenha medo de fracassar, o fracasso é o maior aprendizado.” 
Bom, se você gostou da ideia da palestra e quiser saber mais, mande um email: carolsonda@gmail.com.
Ou então, se você gostou do assunto ou viu a aula e assim tiver dúvidas ou sugestões, não se acanhe e ↓ deixe um comentário
Quer saber como criar produtos/serviços inovadores? Então confere aqui uma ferramenta para isso.

Não seja egoísta. Compartilhe:
0

About Carol Sonda

Designer por formação, design thinker e estrategista por paixão; é fascinada por desvendar problemas complexos através de um mindset de inovação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Acha que isso tem a ver com você ou sua empresa?

ENTRE EM CONTATO!